quarta-feira, 1 de agosto de 2012

Sempre fui um curioso da vida espiritual. Inicialmente fiquei apaixonado pela política, principalmente pelo marxismo Leninista, chegando a ler vários livros sobre o assunto, achava que a espiritualidade deveria estar ligada com a intelectualidade, precisava ler muitos livros para chegar a ser um homem importante e culto. Aos 18 anos entrei em contato com o teatro, fui contratado para trabalhar no famoso teatro São Pedro em Porto Alegre, onde fiquei encantado com as peças teatrais e com os famosos Atores da Televisão. Neste período descobri um gosto mais apurado pela literatura, o transporte coletivo passou a ser a minha principal Biblioteca, aproveitando o tempo dentro do coletivo que era em torno de 50 minutos por dia. Mais tarde o meu contato foi mais forte com a Espiritualidade Negativa, passei a frequentar todo o tipo de filosofias orientais possíveis da época, nunca gostei muito das Religiões Africanas, mas mesmo assim gostava de prever o futuro das pessoas. Mas voltando ao assunto, gastei muito tempo praticando yoga, buscando o vazio Iluminador, pensando que se deixasse a minha mente vazia encontraria o mundo Espiritual com mais facilidade, vivia em posição de yoga com as pernas cruzadas, que eles denominam de posição de "lótus". Com esta atitude esqueci completamente a política, já comecei a pensar diferente, acreditava que a intelectualidade demais atrapalhava a vida espiritual, na verdade tudo ilusão. Passou um tempo fiquei apaixonado pela filosofia oriental e os pensamentos dos famosos pensadores ocidentais. Neste momento passei a ler os livros de Homero "Iliada e Odisséia", os filósofos Gregos passaram a fazer parte da minha vida. Logo depois estudei sobre a filosofia indiana, dos Brâmanes aos Faquires, fiquei admirado de ver a maneira simples daquele povo viver. Mais tarde ingressei em uma sociedade secreta de conhecimento gnóstico, comecei então a estudar o mundo dos sonhos, pensava que se conhecesse os meus sonhos eu teria mais autoconhecimento da Alma, então me atirei a fundo nestes ensinamentos.
Virando de um lado para o outro, só confusão, mas creio que tudo contribuiu para que hoje chegasse a conhecer a verdadeira felicidade que é o Senhor Jesus. Novamente, mais tarde voltei ao mundo da mentalização, livros famosos como "Método Silva de Controle Mental" "Como fazer amigos e influenciar pessoas de Dalli Carneghi", " A terceira visão de Lobsang Rampa", e ai por diante influenciaram a minha mente. Então precisava me desinibir um pouco, fazendo vários cursos como 'Desinibição, Dicção e Oratória" "leitura dinámica" 'Memorização", e finalmente queria conhecer a fundo a bruxaria, fazendo cursos de tarologia, mapa Astral, Pêndulo, Cabala Hebraica, Runas e leitura das mãos chamada de Quiromancia, quanta loucura! um dia conheci um Homem que dizia ser filho do Diabo e eu queria conhece-lo pois na visão gnóstica Deus e o Diabo é a mesma pessoa, pedi a ele que me aperfeiçoasse na arte do tarô, pois queria também me aprofundar no livro preto de São Cipriano que para mim na época seria o máximo da espiritualidade. Meus Deus, quanta loucura! Graças a Deus que estes intentos não deram certo, para a minha sorte. Você deve estar pensando onde entra aí a minha conversão? Pois bem, muito sofrimento, muita decepção, relacionamentos falidos e uma vida sem nenhuma felicidade. Nesta época assisti um programa na televisão no canal 10 que falava da palavra de Deus, para mim uma visão nova, pois achava dos Evangelicos um bando de ignorantes sem nenhuma cultura. Quanta surpresa me aguardava, conhecia muita gente que achava ser espiritualizada, mas na verdade estavam todos nas trevas e sem vida feliz, quando assisti este programa, estava dando um testemunho de uma mulher que era prostituta e vivia com um Homem que estava no tráfico de drogas, mas que havia aceitado Jesus em suas vidas, e tinham transformado totalmente a vida da família.
Tomei coragem e corri para a Igreja, quando cheguei lá não havia culto, era de manhã bem cedo, entrei e pela primeira vez me coloquei de joelhos e senti o refrigério na minha Alma aflita e cansada de tantas idas e voltas. Jesus mudou a minha vida da Água para o Vinho como diz as Escrituras. Passado alguns dias encontrei o mesmo Homem que eu queria fazer curso, lembra, exatamente, o filho do Diabo, sem saber de nada me aproximei para contar a ele da minha conversão, tal foi a minha surpresa quando este Homem olhou para mim e disse com a voz de um possesso pelo demônio, - nunca mais olhe e nem converse comigo, quando você passar por este lado da rua eu vou para o outro, porque agora não podemos mais ter comunhão porque você agora pertence ao homem lá de cima.- GLÓRIA A DEUS gritei com a minha alma, eu pertenço realmente ao Deus verdadeiro.
Hoje, passados 18 anos nunca mais provei a derrota na minha vida, só benção.
Este é apenas um resumo de tantas bençãos na minha vida.
UM FORTE ABRAÇO DO MISSIONÁRIO ANDRÉ

PAGÍNA INICIAL DO MISSIONÁRIO ANDRÉ